Serei!!!

Silêncio Ruidoso que Arde nas Mãos do Vento, Uma Paz sugada em Desejo Tímido, Que Cobre as Sombras do Néctar Sanguíneo!!!

As Janelas das Consequências das Sequências

Este texto é a explicação que completa o conjunto dos textos que o inspiraram.

Este texto é a explicação que completa o conjunto dos textos que o inspiraram, tal como todos os outros textos, terão sido escritos sem que o autor tivesse pensado neles. Por outras palavras, tecnicamente este fenómeno é chamado de Psicografia. Todos estes textos são resultados explosivos da interpretação do mesmo em diferentes momentos temporais.

Não se espera que tenham relação entre si, pois todos eles vão tento alterações ao longo do tempo. Por isso, espera-se que mais cedo ou mais tarde, sejam corrigidos e\ou melhorados.

Esta experiẽncia é uma realidade para mim em tempo real, contúdo eu poderei estar errado sobre tudo o que escrevo, pois os sonhos fazem parte unicamente do meu cérebro e o meu cérebro é puramente um motor de ideias, sendo que as ideias são puramente abstractas.. Contúdo como diz John Lennon, este meu sonho pode ser igual para muitos mais e dessa forma talvez nada do que digo é fantasioso como afirmo em seguida.

Após vários anos de espera e de processamento interno que me eleva ao abstracto não concreto, finalmente decidi escrever este texto que talvez queira ser um livro, mas que não tem o potencial de o ser, dado que um livro considera ter vários pontos e várias páginas, ou vários capítulos como vários fragmentos, que podem conter uma relação ou não entre si.

Umas vezes chamadas janelas, outras portas, outras simples entradas de luz, as quais nem todos as vêm, sendo que quem as vê nem, sempre fala delas, os que sonham com elas, os que as abrem sem saber como as fechar, os que as abrem com o propósito de as deixarem abertas, os que só nos sonhos as abrem e os que têm a possibilidade de as abrir sem a escolha de as abrir, numa simples e confusa atração fatal, que os leva a fazer o que não querem, sem crer saber o resultado. Num qualquer desses movimentos, voluntários ou não das suas acções, elas trazem consigo sequências e consequências das sequências.

Os sonhos nem sempre são reflexo de um passado nem muito menos previsões de um futuro, mas se forem algo mais do que o resultado de imagens sequênciadas pelo nosso cérebro. Então os sonhos também são janelas da percepção e assim sendo, os sonhos são as consequências das sequências de imagens gravadas no nosso inconsciẽnte. É por causa dos sonhos que este texto está a ser produzido e é por causa dos sonhos, que todo os meus trabalhos publicados na internet surgiram. Como dizia uma música de Manuel Freire: "O sonho é uma constante da vida tão concreta e definida como outra coisa qualquer". Sem dúvida que o sonho conduz a vida dos homens/mulheres, como das crianças e com o sonho de todos o mundo rebola e avança.

O Resultado da Combustão do Sonho

Nem sempre se pode considerar que o sonho se produza ciclicamente, mas tenta-se que os sonhos não se percam entre os compassos de delay que a vida nos oferece. Se a vida nos oferece compassos silenciosos e\ou ruidosos que nos fazem esquecer dos sonhos, então esses compassos são as consequências das sequências de várias realidades que nos impedem de sonhar, sendo esse compasso uma janela. Neste caso uma janela que parece não emitir luz, mas que parece transbordar a escuridão para que o mundo dos sonhos deixe de existir. Por isso é tão importante saber distinguir o sonho da realidade. Se numa primeira vez ao escrever este texto parecia que nem eu próprio sabia distinguir o sonho da realidade, desta vez, tenciono corrigir este texto, de forma a afirmar que uma coisa são os sonhos, outra é a realidade. Mesmo assim os sonhos são potenciadores de obras literárias. Reparei que há certos assuntos que são bastante delicados e que por vezes há pessoas que não sabem lidar com a criatividade e\ou os sonhos dos outros. Gostaria de sublinhar que tudo que está ligado a este meu sonho, é fruto da minha criatividade e nada do que ele representa deve ser exposto como uma previsão do futuro. Todas as pessoas têm sonhos e quase sempre lembram-se desses sonhos. Se por cada sonho, que cada individuo tivesse, cada um deles\as escrevessem a base do sonho e trabalhassem o mesmo, exponenciando-o através da criatividade, eles ficariam tão ou maiores do que este que vão a ler.

A Importância do Saber

O conhecimento não é o resultado da interligação de factos históricos de formas aleatórias, com novas perspectivas e\ou interpretações sem qualquer relação real entre esses factos históricos, que alguns darão sentido e outros não. Todas as ideias relacionadas com esta história são puramente masturbações mentais e não traduzem uma previsão. Se para alguns fizer sentido alguma coisa do que descrevo, então estão a dar valor real a algo que só existe na minha cabeça e como tal, é puramente fantasia. Caso não seja fantasia, querer dizer que tive a sorte de ser vidênte.

"A Ciência refere-se ao conhecimento e não às ideias que o conhecimento pode produzir."

Portanto o sonho projecta somente a possibilidade de processar cientificamente o sonho em si, não significando assim, que a realização do mesmo seja possível. Quando falamos de sonhos, falamos também em evolução cerebral, pois é o cérebro que nos fornece gratuitamente as sensações corporais das interpretações e delas, nascerem novas estruturas do pensamento, para mais tarde se tornarem em novos sonhos.

Assim, o restante texto será somente uma espécie de diário que transporta a Criação para o interior e não para o exterior. Quer isto dizer, que todas as relações simbólicas deste texto, são puramente fantasias.

Há quem diga que o medo não existe.

Na verdade os medos existem.

Como tal, há quem os tente vencer, negando-os.

Eu venço-os, usando-os para criar histórias que têm relações pessoalmente lógicas e\ou fantásticas, entre os meus medos e a realidade.

A sobreposição errónea da interpretação das ideias

" Os sonhos raramente são destruidos por outros sonhos, mas os desejos são constantemente destruidos com a sobreposição de outros desejos. A manipulação não está na destruição de sonhos, mas na destruição de desejos, a não ser que se considere que o desejo realiza o sonho e que os sonhos trazem desejos. Assim poderemos ter esquecido o primeiro desejo, com um segundo desejo, mas não poderemos considerar que aconteça o mesmo com os sonhos, pois os sonhos são desejos tão profundamente pessoais, que nenhum outro sonho poderá derruba-lo. Salvo a excepção do acto da imposição que impede o sonho e com ele o desejo do sonho se realizar."

A composição verbalizada neste texto sobre o divíno está associada a vários deuses e semi deuses por factores unicamente culturais.

A representação da divindade está na unicidade. Contúdo neste texto, a unicidade subdivide-se em várias entidades para que se entenda a profundidade da mensagem exclusiva.

Ano do Macaco de Fogo ( 2016 )

Visions of Thor - Mỹ Sơn

Resumidamente a visão deste sonho baseia-se na sequẽncia de algumas imagens primordiais

O "Suicídio" de Buda representado pelo Yin Yang em queda. Significa que ao ter acontecido esta acção por parte do Yin Yang ( símbolo de equilíbrio ) que ecoa uma mensagem de pedido de ajuda, Odin pede a Thor para enviar luz para a zona vibratória, pois dessa forma poderiam ver e entender as razões dessa mesma acção. Por consequencia, Shiva acorda e também vê essas imagens. Por ordem do amor, Shiva interage com a realidade, com o seu poder criativo de transformar os homens, para que a transformação não se torne demasiado violenta, escolhendo assim alguém que pudesse criar essa mudança em nome do amor.

Este trabalho apresenta-se como sendo o primeiro nível de explicação do sonho e da mensagem, tal como do meu ser intensamente sensorial e intensamente informativo. Se por um lado o sonho me trás a possibilidade de emergir ao expo-lo, trás também a necessidade racional que teria de adoptar em mim, para que esse emergir pudesse ser realizado. Sendo eu uma pessoa altamente sensorial, talvez pela minha constante oposição à disciplina emocional, terei uma maior facilidade de absorver as energias ao meu redor, e dessa forma teria de me abstrair dessas mesmas energias exteriores para focar-me na minha energia, e poder emergir internamente e\ou pessoalmente, resultando assim na máxima intenção de criar uma evolução interior. Por outro lado, representa também a necessidade que a humanidade tem de ter em conta para concretizar este sonho, caso assim queira dar-lhe votos de atenção, de modo a criar os alicerces necessários para que o equilíbrio da natureza se torne possível. ( Emerge - Transformação Interior ) Talvez inspirado pelo Bruce Lee, sempre me comportei como a água, que é talvez um dos principais elementos da vida e que representa por si só, a liberdade caótica e harmoniosa da vida, como também, o elemento chave para alimentar a vida de todos os seres vivos. Ainda não descobri qual a razão de serem cavalos de água, mas talvez os cavalos sejam unicamente a representação de um movimento acelarado. Assim, a Liberdade é mulher tal como a Terra o é. Por outras palavras, o tema com a tradução ( Cavalos de Água - Mulher Livre ) talvez se relacione com a minha ligação à Natureza como também à minha intima ligação com a liberdade, mais profundamente, relativamente à minha inadaptabilidade de me auto disciplinar. Assim aparece em seguida a luta profunda que o meu ser teria e terá de gerir, que está entre a dor da não liberdade e a liberdade de amar e sonhar. ( Dor vs Amor )

Este sonho subscreve vezes sem conta a mensagem de pedido de ajuda de Buda. Buda estaria também no equilíbrio do meu ser, tal como o Yin Yang está marcado nos meus braços. O Yin no meu braço direito ( onde vive a disciplina e a racionalidade ) e o Yang no meu braço esquerdo, onde vive o coração e com ele as emoções. Contúdo é preciso entender que comparativamente ao nível do respeito divino pelos animais e pela natureza, a comparação entre Buda e Odin é similar, pois ambos pedem um equilíbrio harmonioso para com a natureza como também para consigo mesmos. Explicitamente as palavras de Buda, que eram o pedido de ajuda, ecoavam no espáço vibratório ( Pássaros Negros - Olhos Vermelhos ) que por si só, representa os corvos de Odin, mais profundamente o olho que tudo vê. Talvez num nível superior da minha consciẽncia, haja uma espécie de alarme máximo que indica o perigo e que revela esse mesmo perigo aos meus superiores. Não sendo humanamente superiores a mim, mas talvez iguais ou semelhantes ou até completamente diferentes, os meus pais e os meus amigos, terão vivênciado os meus reflexos deste sonho, como outras pessoas que se cruzaram na minha vida durante estes últimos dois anos. Elas foram as pessoas que me traziam à terra, quando voava nos meus pensamentos e transportava-os comigo exteriorizando-os. A explicação dessa mesma exteriorização encontra-se aqui. Assim, Thor que emite luz, é quem vê as primeiras imagens e é quem ouve e vẽ igualmente o sacrifício de Shiva que numa tentativa de salvar o mundo da sua auto-destruição, envia o seu filho Hanuman. ( Queimado nas Mãos do Vento - Silêncio Ruidoso ) numa representação de uma carta de Amor Universal. Já dizem os Indianos que a reencarnação de Hanuman fora da India poderá representar uma falha, ou então um sacrifício humano. Sem dúvida que Hanuman tem a arte de criar guerra, como também a arte de criar consciẽncia e segurança, pois ele é o heroi que defenderá para sempre a Liberdade e o Amor. Hanuman aparece em força no ano do Macaco, para celebrar o seu poder sobre as consciências deste planeta, e como se sabe, os macacos de metal têm o seu ponto mais forte no verão. ( Verão à Noite - Rock and Roll ) Sendo a intenção da sua missão, atingir a consciência do planeta e por ordem do acaso, o planeta já transportar consigo a ideia de união em nome da Liberdade, ( V - Espaço Esfera ) que é o alvo principal da sua mensagem, a mensagem que ele trás é sobre uma energia invisivel, que lhe dá o nome de Força Ódica, que no fundo é a força que cria a matéria e\ou a realidade temporal e espacial, motivando assim à mudança de consciẽncia das sociedades e alertando a fragilidade em que se encontra o planeta. ( Energia Invisivel - Tu Podes Mudar ) Obviamente que as pessoas com poder económico, podem ser as principais a prejudicar o planeta, pois estão absorvidas pelo poder de realização que têm em mão e nessa temporalidade, esquecem-se dos outros e quiça de si mesmos. Contúdo há poderes acima do poder económico que estão nas sombras do pensamento e que são puramente diabólicas, pois já perderam a noção da liberdade e do amor como experiẽncia de vida e são consumidos pelo desejo do controlo absoluto. ( Magnata - Prevaricação Interna ) Esta experiẽncia faz mexer as serpentes de Shiva que ele trás consigo e que são o alarme sensorial dos movimentos silẽnciosos e ocultos. ( Abana - As Minhas Serpentes ) Por fim a mensagem anota e força o emergir harmonioso da mensagem e da missão de Hanuman, ( Nós Somos os Tais ) na consideração que a sua missão tem de ser realizada esse mesmo ano, que neste caso se aplica ao ano presente: 2016.

Machine World

Mais uma vez, dedicado à tentativa de explicar a realidade em que me encontro. Como também por ordem do acaso, nasci numa era onde as máquinas já exercem uma forma e uma força sobre as nossas vidas. Ao termos a possiblidade de criar soluções que substituem o trabalho humano e que têm o poder de realizar várias tarefas muito mais depressa do que a unicidade de um exemplo humano é capaz, deveriamos estar a viver mais para nós mesmos do que para o consumo que o trabalho das máquinas tenta satisfazer. Talvez pela idealização de que o consumo que a produção em massa faz, seja a pensar em todas as pessoas que existem no mundo, existe uma produção excessiva de produtos, o que tem como resultado o excesso de produtos e por consequẽncia, resulta no excesso de desperdicios. Sendo que este leque de soluções se apresenta como imposição e não como opção, a alienação das mentes é uma constante, criando assim uma espécie de estado inigmático que pressiona as pessoas à exclusão delas mesmas na sociedade, criando assim, sensações de isolação, para mais tarde se tornarem reações activas, que concluem a possibilidade de criar respostas agressivas e\ou de guerra. ( Plano Tempestuoso - Guerra Inigmática ) Na verdade todas as formas de guerra, são também formas que expressam dor, tal como formas onde a dor pode expressar arte. Esta concepção onde a dor expressa arte através de um ou mais leques de formas expressivas, que através da ilusão da criação dessas realidades, podem transferir ao intelectuo sensações, ora de dor ora de prazer. A arte está intimamente relacionada com estes textos, como a estas músicas, como ao teor da expressão em si, como também à forma como a manipulação de ideias se sequencializam, ou da forma como a sequência de vários assuntos, cria um bolo com ou sem formas, com ou sem cores, com ou sem alma, com ou sem sensações. A Arte é talvez unicamente um processo criativo e nestes textos, a intenção real é tentar mostrar que até os pensamentos mais absurdos, como os mais sérios, podem ser frutos do processo racional e criativo que a mente promove. Isto é, a mente promove a arte e a consciẽncia é arte, tal como todos os desvaneios são arte, tal como todas as desconstruções e misturas irracionais e\ou racionais e\ou fantasiosas são arte igualmente. O plano principal que produz arte provém da dor e o processo da exposição da dor, em forma de texto, música, pintura, escultura, cinema, etc, são processos que tentam criar a ilusão do fruto da dor. Assim ( Arte Dolorosa - Ilusão e Expressão ) é o tema que tenta descrever a monstruosidade do sofrimento que compensará a criação na exposição da dor, de forma a libertar essa mesma dor e objectiva-la num pedaço de papel, tela, audio, objecto, etc... No fundo, a experiência sensorial e corporal das ideias abstractas, também são as janelas resultantes de sequẽncias. A arte é então a consequẽncia dessa sequência e a janela a sensação sentida por cada um. Assim, quando uma pessoa experiẽncia tudo o que ouve, não pela experiência em si, mas através da criação e interiorização imaginária das ideias, ela está a aprender através de uma experiẽncia auto realizada no seu abstracto e por consequẽncia, adquire igualmente conhecimento dessas experiẽncias sem as ter tido. De algum modo, é da liberdade de expressão que resulta todas estas possíbilidades que moldam as pessoas e a intenção e\ou desejos das mesmas, tal como se transforma a arte e o processo criativo que a arte quer sempre aproximar-se, mas nunca atingir. A liberdade que é somente um conceito que serve a liberdade das sensações e não o individuo em si, tende a ser controlada por esses espaços temporais, frutos do descontrolo do controlo. A liberdade é a forma mais equilibrada que o controlo encontrou para controlar. Não somos seres livres, só por podermos escolher entre duas ou mais escolhas, não somos a constante liberdade do ser, mas usufruímos de momentos e\ou compassos que o controlo não espreita, nem muito menos somos a exigẽncia de uma ou mais escolhas, nem o facto de escolhermos entre viver e morrer. A liberdade só existe quando o controlo não tem espaço para si mesmo e tende a retirar-se para não cair em descontrolo. ( Controlo - Livre de Perguntar ) Assim pode nascer o momento para limpar as arestas, para limpar o lixo e os medos que o controlo ofereceu por prazer. Talvez pelo prazer de controlar mais e de se sentir cada vez mais controlador. Os receios, os medos, as inseguranças, as incertezas, as dúvidas, as inquietações, os desturbios mentais e emocionais, os problemas de realização, os desamores, os tempos de definir os melhores caminhos para a estabilidade espiritual e educacional das comunidades, libertando-se assim de haver a possibilidade de nascerem novos sonhos. ( Tempo de Viver - Limpeza do Passado ) É o momento onde todas as pessoas estão num estado de pânico por não saberem o que fazer e ao mesmo tempo, num sentimento de sorte por terem sobrevivido à imposição da disciplinação que rege a impossibilidade do sonho e da evolução entre comunidades e\ou grupos que gostariam de melhorar o seu estilo de vida, oferecendo-lhes a impossiblidade do seu movimento de libertação do espaço onde se sentem apresionados, como da sua auto transformação pessoal. A sorte é algo que pode-se considerar que trago a todos vós, ou quiça a ilusão da mesma, onde só será ilusão a quem lhe resulte pânico a interpretação de todo o meu trabalho, ( Pânico - Sorte ) por não saber lidar com estes pequenos extratos informativos que partilho. Partilho-os como um furacão que está presente em todos os espaços, dentro, fora e com o que há fora e dentro. Talvez seja somente uma caracteristica pessoal que trespassa o sentido do controlo, pois conhece o fluxo do controlo e a regidez que o controlo rege para ter capacidade de chegar mais longe e ficar mais estável. A estabilidade em mim nunca esteve condicionada ao controlo, mas à liberdade de controlar os limites, sem que tenha formas de chegar a esses mesmos limites. Os furacões são feitos de ar e vento. ( Furacão - Com, Dentro e Sem ) E por falar fucarões, por vezes parece-me que nas sociedades, as pessoas têm a necessidade de se tornarem foracões, pois de algum modo podem estar a vivênciar experiências, que podem estar acima do controlo delas próprias. De algum modo pode ser comparado a alguém estar a viver numa espécie de campo selvagem desconhecido, onde há vários predadores e várias presas. Mais ainda quando a luz do sol se põe e o entusiasmo friza a tentativa de libertar todo as experiẽncias apresionantes que muitas delas tiveram durante o dia, ao trabalhar. ( Floresta - Selva à Noite ) Na verdade a libertação destas inquietações ou até mesmo preocupações, diluem-se quando alguém se tenta divertir. Divertir é então esquecer o que poderá estar de errado, seja no mundo, com as pessoas, caracteristicas pessoais, pressões profissionais, etc. O objectivo é esquecer e\ou ocupar a mente com o que não é obrigatório, resultando assim muitas vezes, em desvarios mentais que formam mundos absurdos, ou não, encontrar amores, amigos\as, dançar, beber, brindar, forçar a mente a abstrair-se da triste realidade que muitas pessoas vivem, sem terem opção de escolher algo que as satisfaça de verdade ao nível profissional e\ou pessoal. É claro que não poderei esquecer todos os que tiveram a sorte de poder dedicar-se ao que mais amam. Contúdo os que por via do acaso têm vidas miseráveis, por vezes caem no erro de pensar que após tantas observações que disciplinam o seu comportamente profissional e pessoal como amoroso, o problema está nelas. Mesmo assim, graças a todas elas serem positivas e lutadoras para um fim melhor, tentam dar mais sentido aos pequenos momentos de libertação mental, do que ao impedimento de serem livres. ( Diverte-te - Nada de Errado em Ti ) Isto significa que ao nos sentirmos confiantes, somos os lideres dos sonhos, das vontades, dos desejos e assim fazemo-nos acompanhar por uma espécie de força que quebra o ruído consumido durante a semana de trabalho. Escolhemos o caminho e nada nos pode parar de realizar o sonho que nos move o corpo e com ele a aproximação da realização do sonho em si, que é e sempre será inatingível. ( Destroi o Ruído - Lidera o Caminho ) Mesmo assim, e numa espécie de contradição, nem sempre há a destruição do ruído através do silêncio, mas a substituição do ruído com outro ruído que se sobrepõe ao anterior. No fundo se voltamos atrás no texto, verificamos que por vezes as pessoas usam as técnicas de sobreposição dos sonhos, ( destruição de sonhos com outros sonhos ) até nos não sonhos, isto é, nos espaços temporais que não são limitadores do sonho. Sonhar quando eleva o ser à criação de algo mais além de si, não deve ter limites. Mesmo assim, para que aconteça essa elevação, é necessário um espaço temporal coberto de silêncio e calma. Talvez diga isso a pensar em mim, mesmo conhecendo pessoas que digam que o ruído não as incomoda para desenvolver trabalhos ora criativos ora lógicos. Assim, a mente mesmo que abstraida do ruído, está a captar os ruídos ao seu redor e a informatiza-los superficialmente no corpo que os detecta. É certo que nem todas as melodias são dançaveis e nem todos os ritmos pedem serenidade. Na verdade, a obstrução da liberdade e do sonho cria energias interiores que tendem a ficar cada vez mais intensas, sendo que as mesmas tẽm necessidade de serem expelidas de alguma forma. Daí existirem tantos estilos de música que pedem ao ouvinte uma reação corporal que rege movimento, controlado ou descontrolado de si mesmo. ( Vinco Estranho - Ruído )

Space Trip

Voltemos então a este ciclo que tenta fazer uma descrição da realidade. Sendo que este sonho e que estas descrições que partilho fazem todas elas parte de uma espécie de missão que se impõe às minhas vontades, tornando-se assim vontades pessoais, este album quer descrever a realidade temporal vivida por mim e portanto relativa ao meu ser, que como disse algumas vezes, é criador de realidades ilusórias que podem traduzir realidades fantasmagóricas e não tanto realidades concretas. Eu como um ser que gosta de disfrutar e controlar a liberdade dos meus movimentos e escolhas, sem que nenhuma delas seja negada, terei me encontrado numa realidade que teria e terá algumas limitações e que em alguns sentidos interpretativos, podem ser considerados anomalias. Se partirmos do princípio que um ser sonhador e criativo vive num espaço temporal onde os seus dons naturais são bloqueados, dir-se-à que a própria natureza que o representa tem uma anomalia. Talvez queiramos considerar que esta anomalia é uma função desligada da sua natureza. Sem me prelongar muito sobre estas funções que parecem desligar-nos da nossa natureza, o fluxo económico mesmo sendo uma solução viável, é uma forma de desligar o ser humano às funções que teria em consideração, caso este sistema não existisse. Pontanto ( Anomalia - Função Desconectada ) é o tema que quer transmitir esta desarmonia funcional, que força o desligamento emocional e espiritual da natureza humana. Assim ao haver um método que facilita a troca de bens e serviços e que rege este desligamento, será natural que a organização da estrutura da sociedade, esteja ligada a um estruturamento racional, que terá rápidas respostas às ondulações que fogem dos seus princípios. Assim esta estrutura socialmente composta por pessoas e que têm preferẽncia em substituir a troca emocional e espiritual e\ou com outros bens e\ou serviços, pela moeda, terão um efeito limitador sobre quem está a tentar afastar-se da mesma e portanto farão sentir a sua força. ( Organizados - Movimento Clássico ) Será uma boa escolha, a escolha que sugere não resistir a esta estrutura, pois o afastamento dessa mesma estrutura leva a respostas possivelmente violentas. Será de bom senso pensar sobre as variantes descontroladas deste sistema, que simplifica a troca de bens e\ou serviços, mas não será de bom senso tentar combate-las, pois é quase impossível viver isolado deste sistema. Talvez se possa considerar que essa impossibilidade, está na falta de conhecimento que refere as formas de criar o básico necessário para a sobrevivência, mas mesmo assim o sistema não negas essas formas básicas, pois adicionou-as de forma a facilitar o acesso ao consumo desses produtos em todas as sociedades. ( Escolha com Bravura - Sem Herois ) Ser heroi neste caso, seria tentar viver sem dinheiro e tentar viver sem dinheiro é forçar a condição da simplicidade humana a viver e a trabalhar só para adquirir o básico necessário para sobreviver. Ser heroi seria negar a importância e a flexibilidade da liberdade que o sistema nos trás como também de algum modo, a contradição do que foi dito acima por outras palavras, a possibilidade temporal e mental de sonhar, pois o exercício de sonhar advém muitas vezes de estados ora de stress ora de "apatia" e\ou inatividade mental. Talvez só em países onde o custo de vida seja elevado e o custo do trabalho também o seja, é que haja razões para atacar a economia, mas quem vive na cidade pouco ou nada pode fazer contra, pois estaria a ir contra a sua própria escolha de estilo de vida. Mesmo assim, a capacidade de sonhar a liberdade é tão grande que por vezes, mesmo tendo acesso a tudo, a mente coloca-se num espaço temporal e mental que nega as vantagens do sistema. Assim coloca-se numa espécie de espaço sombra onde tenta atacar as fragilidades descontroladas do sistema através da exposição dessas mesmas fragilidades e de modo a não poderem ser dectatados. ( Ligação Obscura - Termito da Falha do Mantra ) Assim nasce também a ideia de um mal que está a atormentar a tentativa da estabilidade. Estas pessoas que têm a missão de consciêncializar o resto das pessoas, usam esta forma de combate, para que o sistema tente corrigir as suas próprias fragilidades. Sendo que por vezes parece que o sistema ignora a existẽncia dessas fragilidades, a única forma de fazer que o sistema tome atenção a essas mesmas fragilidades, é através da afirmação da sua destruição e inutilidade, pois como teremos visto o próprio, não aceita a sua autodestruição e como ta,l terá de corrigir o que pode incluir outros a excluirem-se do sistema. Claro que um sistema que permite e tem base no abuso da substituição emocional e\ou troca de serviços pela troca monetária, é o sítio ideal para o dar lugar ao inimigo da sua própria criação, pois o mesmo não tem qualquer problema em ter mais poder sobre os outros, pelo contrário, até agradece! Sem a permissão deste deus e\ou semi-deus e\ou anjo, eu não poderia realizar esta missão. Segundo ele, o meu sofrimento inspira-o. ( entidade - 666 ) Daí ser tão importante estar em silêncio tantas vezes. Se partirmos do princípio que a evolução do sonho é também a destruição do mesmo e desse ciclo evolutivo nasce os princípios da aprendizagem, como também da evolução e conhecimento, estar em silêncio parece ser uma das melhores soluções para não contribuir na destruição dos sonhos dos outros, como também a formula mais rápida e eficaz de adquirir conhecimento. Talvez até mesmo nos chamados retiros espirituais e\ou caminho espirituais, que tendem isolar-se do sistema e das sociedades para atingir a consciência de si mesmos, evitando ouvir outros, tenham alguma dificuldade em manter uma continuidade estável dos seus sonhos para criarem a transformação que tanto anseiam. ( Metamorfose - Cala e Aprende ) Na verdade há alguns conceitos que criam a separação dos seres humanos entre si. A necessidade da exposição dos valores que outrora foram sonhos, acentua-se como disse, no número de pessoas que partilha da mesma opinião e\ou sensação e\ou indentificação desses mesmos valores e\ou sonhos, criando assim uma espécie de escudo que cultiva esses mesmos valores ou sonhos e que impede que outros semelhantes tenham o mesmo efeito ao que estes conhecem e vivem defendendo. Seja por terem nascido em paises diferentes, terem tido educações diferentes ora religiosas ora puramente culturais, ora pelos diversos níveis de poder económico, ora em nome de uma ou mais ideologias e\ou deuses. Tudo parece servir para quebrar todos os limites que as suas próprias bases educacionais ditam e esperam que não aconteçam. ( Complexo - Valor Desconhecido ) Talvez seja por este motivo que as pessoas que esperam encontrar uma estabilidade emocional mais profunda se isolem. Afirmam procurar o amor e viver o amor na sua plenitude mais elevada. Tocam e nem sempre se deixam tocar. Há sem dúvida uma chave neste comportamento de isolação, que permite alcançar níveis de paz interior, para com ela nascer o amor por si e pelos outros. São eles os que sentirão mais profundamente todo o meu trabalho. São estas pessoas que irão reconhecer a importância de tudo que descrevo nestes textos e nestas músicas. E sem dúvida que são essas pessoas que continuam a motivar-me para que continue e não desista desta minha missão de consciêncialização. Para os amantes da paz interior, os eternos investigadores do amor. ( Residentes do Amor - Toque Profundo ) Contudo sendo que estes textos representam também um sonho e os sonhos têm objectivos por vezes bastante irreais, terei de ter sorte para ter o feedback que gostaria que tivesse. Não está em causa o dinheiro, não está em causa a fama, não está em causa um reconhecimento social, mas a simples entrega de um silẽncio que poderá arder nas mãos do vento e que também poderá ser em vão. A sorte também é como o vento. O vento trás sempre ar e com o ar, poeiras ou fragmentos de novas etapas ou antigas paredes que porém terão sido esquecidas. ( Silnuvano - Flush ) Mesmo assim, com ou sem sorte, este sonho é algo mais do que um sonho só meu, tenha eu alimentado este erro, que trás mais erros interpretativos e que provocam, a necessidade de pensar sobre a existência e a criação do mundo, terei encontrado uma conversa que, não só explica tudo, mas quer explicar imensas coisas que eu voluntariamente ou não, relacionei com este sonho e com esta missão. Se por um lado existe um slogan que uso neste sonho que diz: "Falta de Compaixão por mim, não Destruas os meus Dons", por outro lado o efeito de reencarnação que poderia encaixar neste acontecimento, está descrito em várias religiões como redenção espiritual. Sendo uma espécie de sacrifício, que na verdade tenho noção que de algum modo não é propriamente um efeito ilusório na minha vida e que a condiciona, por outro lado é a melhor forma de explicar toda esta experiẽncia que tenho tido, como também é a que mais se adequa. ( Redenção Espiritual - Odicforce ) Assim, ao ter consciência desta absurdidade que me limita o ser e a minha própria liberdade, esta é uma das formas que encontrei para a libertar, tal como a produção de todas as músicas o é. Elas serviram para libertar ora medos, ora inquietações interiores. Falar delas é algo que tentei fazer e reparei que não tinha qualquer resultado libertador. Desta forma, além de sentir que os temas continuam a fazer-me sentido tal como estão, mesmo que ao nível da qualidade de som não sejam profissionais, a produção destes temas, deu-me a expriência e o tempo de aprendizagem, para que ao longo de todos os temas, se sentisse uma tranformação e melhoramento dos mesmos. Ao mesmo tempo, a minha vida fora deste mundo virtual, o qual me permite esta partilha tão fugaz e me permite chegar aos mais diversos pontos do mundo e das sociedades, continuava obsecada pela realização e exposição de toda esta matéria que me atormentava os dias e o meu ser. Portanto, dentro e fora deste mundo virtual, a minha realidade consciênte não tinha a capacidade de separar as águas. Mas agora, cada vez mais, sinto que todo este processo sofredor me liberta destas inquietações e me permite ser livre nas minhas relações humanas e sociais. ( Dentro - Fora ) Com esta inquietação nervosa que me impedia de viver livremente, comecei a sentir que tinha de a expelir o mais rapidamente possível, para por fim ter um espaço de tranquilidade. Por outro lado, o mundo também interligado a esta tecnologia de partilha de informação, sente que está a ser apresionado pelo poder do sistema e usa a tecnologia para expandir a sua mensagem. É sem dúvida o mesmo que estou a fazer, mas no meu caso, pouco ou nada tem relacionado com questões políticas da realidade, mas questões existenciais e\ou filosóficas que podem ter relação ou não com a realidade presente e assim com a política usada em vários pontos do mundo. Este texto será também uma janela para muitos, que transporta consigo toda esta sequẽncia, que dará ao leitor o reflexo interpretativo que futuramente irá transformar-se numa consequência. ( Tempo Está a Acabar - Não Há Volta Atrás ) É quando falamos do tempo, dos limites da vida e da vida em si, que nos lembramos também do elemento externo a este planeta que alimenta a vida neste planeta. O sol é a estrela que oferece o calor necessário para que haja vida neste planeta, e sendo eu uma pessoa que se entrega espiritualmente à natureza, mais do que à noção de um deus invisivel, pareceu-me tentador prestar culto ao sol. Culturalmente o sol terá sido um deus antes da ciẽncia concluir que era uma simples estrela. No fundo as crianças são pagãs no sentido de felicitarem a vida de qualquer animal e\ou falarem com eles. Talvez não sejam só as crianças que falam com animais, nem tanpouco falar com as plantas, e todas as formas com ou sem forma e\ou cor dos vários elementos que nos oferecem os requesitos minimos para haver vida neste planeta e nesta galáxia. ( Pagão - Culto ao Sol ) Como disse noutros textos anteriores, durante muitos anos da minha vida era um céptico da vida espiritual e talvez, estes deuses e semi-deuses que aparecem neste sonho, sejam somente formas de adaptar a unicidade divina às culturas e não tanto à exclusão da unicidade.

Shiva and Kali Dance

Depois de entender a relação tempo e espaço, teria de focar-me também no espaço e no seu funcionamento. Na verdade o mundo continua a lutar por uma sociedade livre de controlo, livre de descriminações e livre de preconceitos. Dentro desta luta, as sociedades permitiram-se gerir por sociedades que estariam em posse de decisões sobre o futuro de cada uma dessas sociedades. Mais propriamente a política, mais profundamente o Estado e\ou Governo. Na verdade um dos grandes princípios básicos da não liberdade está também na declaração da escolha de dar liberdade a outrem sobre as nossas vidas. Por outro lado quem tem esse pode de decisão, também está a ser controlado por outros que não escolhem ser controlados, mas que se destacam pelo ser poder económico e que os eleva acima de qualquer estado ou governo, tirando assim proveito de todos os bens que lhe pareçam positivos para a sua vida. O estado é composto por vários membros e vários grupos. Um dos principais é o exercito ou as forças armadas. Queiramos pensar que qualquer grupo de qualquer área, se foca na evolução a vários níveis da sua área e como tal, será natural para o bem desse avanço, manter segredos e fazer experiências. Claro está que quanto mais elevado esse grupo for, maior a probabilidade de criar problemas aos grupos que têm um nível de decisão mais fraco\baixo. Afinal foi esse mesmo grupo que deu a liberdade ao grupo superior, para que tomasse todas as decisões relativas ao seu futuro. Sendo que a estrutura de um país tem base na história e no avanço disciplinar e moral do civismo, seria natural que o segredo seja proíbido quebrar. É certo que mesmo que se pense que quem elege alguém para tomar decisões sobre o seu futuro, merece a consideração de saber que decisões são essas, na verdade se a entrega de algo que só nos pertence terá sido oferecida a outros, não teremos esse direito. Contúdo teremos de acreditar que sim e por isso, sempre irão aparecer pessoas que afirmam saber as reais intenções de quem lidera o poder económico ou militar. ( Disciplina - Sem Escapatória ) O combate a estas ambiguidades das sociedades politicamente disciplinares, pedem um trabalho arduo e constante. Quem pode tomar decisões obscuras saberá também da profundidade da obscuridade que é capaz de criar mentalmente e caso tenha poder para isso, criar soluções obscuras na prática. Assim, antes de tudo existe um combate desenfriado entre as obscuridades dos poderes e entre os poderes mais elevados. Dessa forma também refletem e educam as classes mais baixas a tomarem esses mesmos caminhos, para assim poderem ter o mesmo efeito de sobreposição de poder para com outros ainda mais fracos. Não está em causa a fraqueza humana mas a fraqueza de poder de decisão, que no caso das sociedades actuais está focada no poder economico. De qualquer modo, todos estes avanços requerem uma constante disciplina que eleva ao trabalho, necessidades profundas de concentração. Uma concentração na acção e não à moralidade da acção, que teria uma relação intima ao individuo. Um esquecimento e irrelevancia do mérito pessoal, focado no mérito constitucional. ( Trabalho Árduo - Concentração Profunda ) Mesmo assim, não basta desligar-se dessa realidade por termos atingido as razões que levam a realidade a comportar-se como tal. Se por um lado nos pode parecer tentador combater a sociedade para torna-la melhor, por outro não devemos tentar destrui-la, pois assim negariamos todos os processos e realidades que são positivas. Há assim uma linha que separa as vontades de mudar e as vontades de ser-se mudado, sem cair no absurdo e sem cair no exterminio de todos os alicerses que nos produzem o conforto de poder obter comida e produtos lúdicos quase sem sair de casa. Também para não ficar no sofá à espera da mudança, há uma necessidade constante de combater as forças do controlo. Quem tem controlo sobre os outros, pode criar mais mecanismos para que esse controlo seja mais feroz e dessa forma criar mais descontrolo sobre o controlo que outrora tinha. É para muitos uma razão de criar a guerra e\ou para criar soluções de conscialização para ganhar ainda mais força sobre os novos mecanismos de controlo que aparecem constantemente. Numa espécie de guerra que anseia o controlo absoluto, aparecem igualmente os grupos que contra esse controlo, lutam e auto desenvolvem novas técnicas de controlo anti-controlo. ( Cores Unidas do Esqueleto - Desenvolve as Tuas Habilidades ) Depois de tamanho desafio que parece não ter fim, existe uma constante que pede a união de todos os que sejam sensiveis a estas matérias, não somente sensiveis mas também com vontades de as transformar para as melhorar. Anunciando no ar ora novos sonhos ora novas formas de destruição de sonhos, tudo parece voar e pedir que novos encontros se realizem em prol destas nuances imprevisiveis de consciencialização. Numa espécie de dança que cura e destroi sonhos, há sempre tempo para que novos encontros, se sentam comuns uns com os outros. ( Viagem Aeria - Voa para Mim ) Mesmo não havendo ligação entre o trabalho de consciencialização e a espiritualidade, no meu caso tudo está ligado, pois ambas as formulas que pedem uma evolução, criam faíscas como também energias e sinergias explosivas. Para quem tem crê na teoria dos chakras, o terceiro chakra ( Manipura ou Solar Plexus ) tem tudo de comum com esta relação de energias fulminantes. Sendo igualmente o ano do Macaco de Fogo, Manipura é fogo e trás abundancia. Talvez o resultado destes textos e destas músicas e destas sequências que poderão criar consequências para um futuro próximo, se deva a este chakra que nasceu activo comigo. As minhas partilhas em todas as áreas da vida são sempre abundantes. Talvez as energias não tenham cor, mas quando relacionadas com estas teorias têm. Seja na interpretação concreta dos reflexos sociais que vingaram com a sua astúcia de criar instabilidade nas estruturas que já se encontram instaveis, seja pela interpretação abstracta dos reflexos espitituais que irão partilhar visões que poderão criar igualmente instabilidades ou potenciar-se no mundo dos negócios, tudo parece conter fogo. ( Energia Amarela - Caixa Ardente ) Assim, seja a minha missão que tem inicio nas catacombas mais profundas da escuridão, seja a missão destas pessoas e\ou grupos que se vêm a lutar na escuridão de um sistema fragilizado pelo descontrolo de tudo que criou, há então a necessidade de criar luz a partir da escuridão. Por outras palavras é preciso fazer uma viagem a partir das profundezas do mar até aos limites do céu. O ciclo de vida, não somente aqui representado pelo equilíbrio, tem necessidade de criar mudanças para criar maior estabilidade, sendo que para iniciar este processo, caso não hajam cedencias por parte dos grupos que dificultam essa mesma mudança, terá de por-se a hipotese de quebrar tudo para reconstruir de novo. ( Debaixo d'Água - Até ao Céu ) Este processo que terá resultados vitoriosos e de bravura é uma "viagem" mais ou menos incognita no sentido, de nunca se saber qual vai ser o resultado e quais vão ser as consequẽncias. É preciso imaginar que estamos a conduzir um automóvel ou um comboio que vai a alta velocidade e que não sabe se terá um fim. É uma ondulação que desliza pelas linhas inseguras da certeza e da verdade. Umas vezes contra a natura em si, outras somente em prol da natura sem consciẽncia da manipulação social e\ou transformação natural das coisas, onde o que é certo hoje, amanhã poderá estar errado ou menos certo. Sendo que até neste texto a procura da solução está baseada no erro e com ele nascerão as soluções mais indicadas para os possíveis problemas, é preciso ter alguma garra e não desistir às primeiras consequẽncias erróneas que são relativamente óbvias. ( Condução Corrente - O Louco Comboio Fantasma ) Isto significa que a única forma de poder combater e alertar sobre estas falhas fragmentadas que o sistema por vezes não vê, é ter lugar à possibilidade de lhes falar sem que para isso haja a necessidade de lutar contra. Não só nas formações formais do exercito, existe a possibilidade de o fazer, sem precisar de haver um combate ou uma guerra para que no final se realize essa mesma acção. É um pedido em nome da paz e não em nome da guerra. A paz alerta para o perigo, a guerra cria o perigo e transforma-o num bolo ainda maior e sem precedentes, sem olhar a meios mas a fins. Por outro lado, nesta missão mitológica e espiritual tenho a vontade de criar esse mesmo "boom" pacifico com o desejo de ir tocar algumas das músicas que produzi ao Boom Festival. É o local ideal para abrir as portas das percepções de um futuro próximo sem que a comunidade se sinta ameaçada, pelas ameaças que já conhece e que domina. Além disso numa abordagem relativa ao meu signo e ao meu sonho, o nome "boom" é o mais indicado para a aparição e promoção deste trabalho que será de início, inspirador de muitos outros artistas. Além disso, para mim seria uma dádiva poder participar num dos maiores festivais do mundo que realça a importância da vida espiritual e a ligação à natureza, como às soluções naturais. Sendo que a minha abordagem quase sempre dá a entender que algo de mau trago comigo, quer parecer-me que o festival não me terá aceite. Mas ainda é tarde para o confirmar. Além de ser o ano do Macaco, ano do meu signo, num festival que se encontra no país onde existe o "Amuleto da China". é o festival que mais me pode promover o trabalho em tempo real. Talvez a comunidade que diz falar e dedicar todos este festival neste presente ano, ao shamanismo, não entenda a profundidade da minha missão shamanica. Por vezes dão-me a sensação que à visão deles do shamanismo, é ver coisas bonitas e ouvir palavras de amor. Quiça um dia entendam que os deuses não trazem amor, mas razões para a humanidade fazer com que o amor continue a vingar. ( Primeiro Contacto - Caminho de Escudos ) Talvez por ordem do acaso os deuses estejam loucos e me tenham dado uma missão impossível de realizar, dado que não tenho uma experiẽncia oficial shamânica. Quiça toda esta criação cheia de pontos informativos importantes, sejam realmente fantasia e longe da realidade. Mas na verdade, fiz 8 albuns sequêncialmente inter-ligados uns com os outros em 12 meses e iniciei a propagação dos mesmos este presente ano com vários textos que resumiam este longo e extenso texto, que quer mostrar o quanto errado poderei estar, sobre a realidade que me rodeia. Eu sou o errante que gera os labirintos do conhecimento ( Não Negues - Eu Sou o tal ) O objectivo principal é dar início à minha vida espiritual, ou mais profundamente iniciar o meu caminho em prol da espiritualidade e\ou da paz mundial. Eu como Macaco, sou perito em criar a confusão, não só como caracteristica zodiaca, eu como pessoa sempre fui assim. Por vezes até tenho algum prazer em faze-lo. Mas no caso deste preciso ano gostaria de lutar pela paz mundial. Sei o quando mundo está fragilizado e o quanto por vezes se perde nos prazerosos e ondulantes processos do pensamento. Gostaria de curar-me e quiça obter alguns anos mais de vida, pois este processo de partilha e de produção massiva, tem me levado à auto-destruição. Que se deva à trágica intensidade do meu ser, que se deva à ilusão que as informações do mundo causam em mim a ideia da auto-destruição do mundo. Que seja só uma mentira e uma fantasia ilusória. Seja como for, quando finalizar este texto irei iniciar o meu caminho espiritual, com ou sem a aceitação da percepção e\ou importância da minha missão. ( Processo de Cura - Corpo e Mente ) Se a mudança do mundo está ligada principalmente à vida espiritual, estarei então ligado à vida espiritual, em todos os seus níveis. Por vezes parece haver um amor em mim tão grande e tão profundo que repulso o amor que os investigadores e motivadores do amor e da vida espiritual oferecem a troco de nada. Por vezes entendo o quão importante são as suas palavras. Por outro lado a minha missão não é de parar o processo de paz espiritual destas pessoas, mas de criar uma maior união. Por vezes também sei que ao estar concentrado e centrado num objectivo, as vontades e alarmes dos outros não me causam diferença. Para mudar o mundo é preciso união e nessa união o trabalho intrinseco da mudança de cada um. ( Ligado a Ti ) Todo este mundo e toda esta missão cria em mim e não só espectativas que estão ligadas à interpretação e também ao tempo de maturação que é preciso ter para que estas mesmas mensagens sejam entendidas. Tal como tudo na vida tem um princípio e um fim. O meio faz parte do delay... ( Demora - Espectativa ) O futuro de quem ama a natureza e de quem se entrega a ela, é e sempre será uma vida onde o cosmos chama e onde nada parece existir à volta. Foi este o futuro que criei e partilhei. A descrição da minha percepção e interpretação do cosmos. É para lá que me dirijo e é para lá que todos nós iremos. É para lá que o amor segue e é nessa direcção que a liberdade vẽ o horizonte do amor. ( Futuro - Atracção Cosmica ) Se o conteúdo destes textos forem fantasia, o karma está na fantasia, se não forem tão profundamente fatasiosos, o karma não será uma fantasia. Sem querer ser o Karma, sou o karma do mundo que dá importância a estas matérias socio espirituais que são do interesse de uma maioria. Não quero por em causa as vossas crenças, só quero que pensem. Que por momentos parem e reflitam sobre o conteúdo deste trabalho. Um trabalho que espero continuar, pois por ordem do acaso foi entregue a mim. ( Chama-me Karma ) Quero assim dizer que irei continuar a expo-lo sem querer saber o que os outros pensam ou desejam. Não por desrespeito mas porque tenho de considerar em primeiro lugar a minha posição. Assim serei igual a muitos de vós que consideram antes de tudo a vossa posição para mais tarde poder dar espaço mental para considerar os outros. ( Não Importa - Foco ) É desta forma que me excluo do mundo e obtenho uma maior densidade das minhas fantasias e\ou visões que me irão provocar uma inquietude neurótica. Mas não tenho alternativa, pois a minha experiẽncia é inversa a essa mesma posição. ( Caminho Neurótico ) Pode-se considerar uma posição provocatória, não direi que não o seja, pois estou ciente disso. É fruto de um desejo profundo, de um sonho profundo, tão profundo que me dá a coragem de fazer tudo isto que tenho feito. Um atrevimento que jamais terei provocado nas mais variadas situações, mesmo que o atrevimento seja também uma caracteristica minha, mas principalmente ligada às relações amorosas e não tanto às profissionais e\ou pessoais. É assim que me atrevo a dizer, atreve-te a negar a minha missão. ( Atreve-te - Chupa o Meu Saxofone ) O meu sonho é estar neste ano presente no Festival Boom e não só já falei dele como dediquei todo este ano a criar condições para que fosse aceite. Não sei quais serão os resultados deste meu atrevimento, mas devo dizer que não está em causa a fama ou o dinheiro. Está em causa o futuro da paz mundial. ( O Meu Sonho - Boom Festival 2016 ) O objectivo principal, é poder participar e contribuir, para o que todos vós se dedicam há imensos anos, criar um mundo melhor, o que por vezes se diz, também parece ser uma espécie de paradoxo que sempre que nos aproxima-mos, se afasta ou se dissolve no tempo para continuar puramente um sonho e nada mais. É só este pequeno grande sonhos que quero e desejo contribuir para que finalmente seja uma realidade. ( Paradoxo Humano - Mundo Novo ) Sendo que todo este sonho faz parte de mim e é de mim que tudo nasce, talvez os termos de vida sejam para mim somente, os de amar para não morrer. Quiça a mensagem final dos deuses seja a dádiva de quem oferece a possiblidade de quem vive amar. Talvez não seja o melhor dos amantes, quiça esteja em falta com o amor que devia dar aos outros. O sonho e a mensagem do mesmo pede o meu amor para com o mesmo de forma a dar-me a possibidade de continuar a viver e continuar a amar. Mesmo assim, a mensagem é para ser exposta para todo o mundo e dar o mesmo significado para todos. A possibilidade de eu estar aqui é uma escolha de Shiva. A mensagem trás a intenção profunda de Odin para a sensibilização e o respeito pela vida animal. Eu não serei a reencarnação dele mas somente fragmentos da sua mensagem preocupara com o mundo. O acto de amar também trás disciplina, mas também trás preocupação e decidação. Para Odin, quem não ama merece morrer. Esta é a mensagem de aviso que merece ser considerada, pois a sua reencarnação poderá estar num homem que poderá ser bastante injusto para muitos milhões. ( Termos de Vida - Ama ou Morre )

Eternal Delay

Estar céptico à vida espiritual, não é desrespeita-la nem estar contra a mesma, é desejar provas concretas da sua existẽncia. Na verdade há coisas que são relativas ao sonho que só podem existir caso alguém se entregue a esse sonho e\ou fantasia. Seja uma ilusão ou não criada pelo nosso cérebro que tem todas as qualificações para recriar o que parece não existir, a entrega de corpo e alma a todas estas crenças é o caminho para que as mesmas sejam consideradas verdadeiras, pois o corpo e a mente irá produzir a sua existência. No fundo este texto e esta missão está focada nesta problemática existêncial que nas mais variadas condutas religiosas defendem a sua existência. O primeiro passo para abrir as portas da percepção destas realidades de mensagens emotivas e sensiveis é mostrar respeito para com elas. Por outro lado, o não respeito também pode ser um contributo para que a mesma se faça sentir a pessoas sensiveis a estas energias ocultas ao exercício racional. ( Respeito - Vida Espiritual ) Depois de estarmos entregues às energias ocultas, saberemos que tudo o que nos rodeia é mais do que simples matéria. Entenderemos que não só os seres vivos como toda a matéria é energia e que cada um de nós e cada objecto transporta energia. Poderemos ainda ser tão sensiveis à energia que a mesma pode oferecer-nos a troco de nada o seu conhecimento através do toque. Odin e o olho que tudo vê, sabe e rege-se a partir deste princípio. A força ódica também, pois a mesma é transmitida unicamente através do toque. O exercício racional trás o controlo disciplinar e a força de ignorar os sinais sensoriais que por vezes levam as pessoas a dizer que acreditam numa vida para lá desta que a maioria vê, com os seus próprios olhos. De facto para os sensiveis desta matéria, esta energia existe e não parece ser fruto da imaginação. A partir do momento que a mesma nos trespassa, o respeito pela mesma deve tornar-se ainda maior, pois a mesma pode causar verdadeiras mudanças no nosso ser e transportar-nos para um mundo onde deixamos de distinguir a realidade material e a confundi-la com a realidade espiritual. Além de ser necessário um controlo muito grande sobre o nosso consciênte é também preciso saber onde são os nossos limites. Nem todos podem resistir às imprevisibilidades das vontades energéticas que a vida espiritual tem a oferecer, pois para ela nada de físico tem propriamente fim. ( Área Organica - Tudo Energia Tudo Alma ) Eu tive a sorte de ser escolhido por uma energia que me trouxe uma mudança pessoal profunda como uma sensação de falta de compaixão para comigo mesmo. Esta energia trás consigo uma mensagem de alerta que ainda não sei se é só para mim ou se realmente está focada na necessidade de ser exposta publicamente. Na dúvida exponho, pois a mesma flui e acalma quando o faço. Quando parece que me estou a esquecer desta minha missão ela faz-se sentir nas profundezas do meu ser, relembrando a razão de eu ter sido escolhido e a razão de eu estar aqui a dizer-vos todas estas coisas. A necessidade de uma consciencialização profunda na humanidade. Um alerta sobre as acções de cada um. Um pedido de atenção Global, um último aviso. ( Lembra-te - Porque Estás Aqui ) Este aviso, que sem dúvida poderia ter sido entregue a uma das várias pessoas com poder de decisão económica, criando assim nessa mesma pessoa a impossibilidade de trabalhar e de vingar, foi entregue a mim que tenho todo o tempo do mundo, uma das pessoas mais livres que conheço e com a capacidade de alastrar e interligar-me a várias ramificações e\ou pessoas que têm poder para fazer alguma mudança. Este pedido é como disso um aviso. Um aviso de respeito pela natureza, pela vida e pela espiritualidade. O direito à vida está mais uma vez em causa e os deuses não querem que o mundo se deixe adormecer pelo desejo do conforto e\ou do dinheiro. Há passos importantes de consciencialização que devem ser tomados e que fora as opiniões interpretativas da egocentricidade de cada religião ou grupo espiritual, podem ser colmatadas e por ventura unir todas elas num patamar de consciência muito mais ligado à terra, à vida. ( Mostra-nos Algum Respeito - Atenção ) Assim e sem outra escolha, a partilha destes textos como destas músicas são o teste que me foi entregue para a sociedade vingar pelo amor, escolhendo dessa forma a humilde escolha de viver pela paz de todos e em respeito por todos. Por vezes pode parecer uma brincadeira considerar que isto é um teste, por outro lado a humanidade auto testa-se para evoluir em nome da ciẽncia e da medicina e\ou tecnologia. Isto é sem dúvida um teste que pede unicamente a atenção dos leitores, oferecendo música como dádiva de extra motivação para uma maior atenção. ( Teste Humano - Enviado ) Como todas as transformações e metamorfoses, depois de ter realizado os objectivos, existe um momento de calma que espera tranquilidade e bem estar. Um momento que espera um respeito interior. Um momento que as portas da escuridão se abrem para que a luz entre sem medo, deixando a vida oculta molhar a sua alma e resnascer para um novo ciclo de transformação. ( Escoa através da Escuridão - Parece Água ) Foi a partir da escuridão que tudo começou. A escuridão pode ser muitas vezes considerada como um mal que absorve a vida e cria todas as necessidades para que a luz se apague, mas a mesma não pede que a luz se apague para sempre, ela simplesmente tenta proteger os seres de luz que estão enfraquecidos para que eles descansem num local mais calmo e sem tanto ruído. Quando Yin Yang faz o pedido de ajuda na escuridão total, Odin sente e intercepciona uma luz que desiste de estar nesse meio de calma e silêncio. Odin é um ser que luta pela vida mas que usa técnicas obscuras para chegar ao seu propósito. Por mais que possamos considera-lo insensivel sabendo dessa sua forma de lutar, ele é bastante sensivel ao que diz respeito à vida e à imagem que a natureza foi criada. Ele só reencarna no mundo dos homens para fazer transformações profundas. Ele nesta missão oferece uma solução, dado que uma maioria dos homens e mulheres usa tecnologia, além de estar profundamente sensibilizado pela escolha de Shiva que sacrifica o seu filho Hanuman para que ele não tenha um efeito violento da humanidade, pois só quem usa tecnicas obscuras consegue ver para além da escuridão. ( Intercepção de Luz - Sensitivo e Obscuro ) Shiva, num primeiro instante parece sentir que o mundo e as pessoas não querem saber desta mensagem, ignorando-a e fazendo pouco dela. Hanuman alerta ainda com mais força a humanidade em prol do amor e da liberdade, pois sabe que Odin não irá permitir uma sociedade livre, e agora que ela está profundamente controlada, maior controlo terá para com a humanidade. Um controlo que lhe parece necessário para que o respeito pela natureza continue e para que a mesma não seja destruida. As pessoas dizem que estão sensiveis à destruição da natureza, mas ignoram as visões dos deuses. As pessoas dizem que não é preciso discutirem temas morais e éticos sobre algo que pede unicamente uma acção, isto é, pequenas acções do foro humano para com outros humanos e\ou animais. Assim nasce a provocação de quem diz mas não faz. ( Vocês Não Acreditam no que Dizem ) Mesmo assim parece que o "público alvo" que teria as melhores condições para se elevar e fazer a diferença, parecem ignorar e não dar a real importância que esta mensagem pede. isto é razão para ficar enfurecido, pois quem ama a vida e se sacrifica por ela deseja que o seu sacrifício valha a pena. ( Espera - Raíva não é Bom ) Quando absorvidos pela loucura ou a demência, a destruição de tudo parece ser a solução e por consequência não ter piedade de ninguém. Mas para isso Odin está a ver e o mesmo alerta que o necessário para mim é parar e meditar. A meditação eleva-nos ao mais intimo da nossa consciência e dela nasce a luz que precisamos para uma maior auto disciplina. Era assim que Buda e\ou o Yin Yang estavam antes de desistirem de tudo. Poderemos então considerar que a escolha não foi a destruição do mundo mas a sua auto destruição em nome do bem estar da consciência humana. Um acto de coragem que nem todos têm a capacidade de o ter e que o tem mesmo que para muitos seja um acto de cobardia, é melhor do que a destruição do mundo em seu redor. ( Benvindo a Ti mesmo - Eu sou a tua Consciência ) É um tema sensível, verdade seja dita. Contúdo se o Yin Yang tomasse a iniciativa de destruir tudo que ele representa nem Odin poderia salvar o mundo, nem Shiva poderia impedir a sua decisão. O Yin Yang é o ponto de equilíbrio que tem ligação com o mundo divino e carnal. O descontrolo seria a pior das soluções. Graças ao seu suicídio através do precipício das vibrações universais, e\ou desistência é possivel alertar a humanidade do limite que estão a chegar. Esta queda só terá fim quando o problema ficar resolvido. Ao haver uma solução, Buda e\ou o Yin Yang voltam a ficar estáveis e a calma e a tranquilidade voltará à terra e ao espaço Amor, onde os deuses e semi-deuses estão e passam a sua eternidade. Uma eternidade que depende somente da existência da vida na terra. A destruição do mundo por completo acabaria por destruir igualmente os deuses. Por isso, com a maior intenção positiva que posso vos entregar, Força nisso! ( Senhores e Senhoras - Toca a Andar )

Noise Frequency - Impulse

Este album, representa por si só a minha missão. Todo ele são fragmentos de quem sou e de como o resto do mundo me vê, como também observações de como o mundo lida consigo mesmo. O meu trabalho pode ser considerado negro ou negativo, mas pouco ou nada tem de negativo. Ele traduz várias soluções de consciêncialização como também denota um grande apreço pela liberdade. Contúdo, a realidade parece não estar preparada para o que trago e\ou o que tenho a oferecer em nome dos deuses. Como terei dito anteriormente, talvez os deuses estejam loucos e com eles eu também. Eu partilho com todos vós um labirindo de sabedoria que pode ser posta em causa e levada à consideração necessária para a por em prática. Quiça não só da dor nasça a arte como o conhecimento da escuridão. ( Gota Baixa - Mistura ) Não é um truque baixo na relação de ser uma atitude reprovável. É sim mostrar a realidade tal como se encontra e mostrar em seguida a luz. ( Yin Yang ). Na verdade, seja frente a frente seja a partir daqui, toda a mensagem expressa entre o autor ( eu ) e o leitor ( tu ) está entre Som e Imagens. É claro que numa conversa pessoal ouvem-se os tons das palavras, as expressões faciais e sente-se a intensidade e a intenção de cada palavra. Contúdo não tive oportunidade de expressar tudo isto pessoalmente com toda a gente e nem toda a gente tem capacidade de digerir tudo isto de uma só vez. Compreendo que seja difícil para algumas pessoas e para outras um prazer. Para quem não quer saber, seria um sacrifício, mas essas nem eu quero saber delas. ( Entre Nós - Imagem e Som ) Quiça até a sensação ritmada das sensações produzidas pelo interior da intenção sejam igualmente sonoras, mas só o interior é capaz de ouvir tais frequẽncias, pois são unicamente censoriais. Gostaria de criar as melhores condições para criar um festa de várias dimensões, onde o controlo caso fosse necessário existir, fosse unicamente um regulador que interliga o interior com o exterior. Um regulador puramente informativo, que nada pede nem exige a quem passa de um lado para o outro, mas que confirma as mensagens enviadas e entregues. ( Festa Dimensional - Bit de Paridade ) Assim nada poderia ser bom ou mau, mas certo ou errado. Não seria o conteúdo que estaria certo ou errado, mesmo que a ligação de relação não fosse a mesma nem partisse do mesmo princípio. O certo é que tudo pode ser inter-ralacionado com qualquer coisa. Basta que se saiba o princípio interpretativo. ( Nada Mau - Errado ) Mesmo assim e com tanta abertura para tudo correr bem, as pessoas parecem não querer saber, pois o hábito vivẽncial pede estruturas mais disciplinares, isto é, estruturas cheias de condicionantes que impedem a liberdade total da informação. Assim, mesmo sem poder testar esta teoria que na verdade é uma realidade constante nas nossas sociedades, ela fracassa logo de início. ( Falha - As Pessoas Não querem Saber ) As pessoas, numa maioria focam-se ora na política ora no sexo. Não quero com isto dizer que não haja pessoas que se focam na tentativa de melhorar os problemas nas sociedades. Há imensas que passam a vida a tentar o melhor que podem e muitas têm tido resultados muito positivos!! Mas a maioria não quer saber propriamente da importância que a simplicidade da acção tem sobre o meio que dizem tentar defender. Por isso entragam as possiblidades soluveis aos orgãos governamentais e esperam que eles as resolvam. Na verdade depois de terem entregue as suas maiores desejos de que tudo melhore, entregam-se aos prazeres carnais, pois são os únicos que lhes trazem uma resposta quase imediata. Outros desacreditam completamente na política e frequentemente expelem todas as suas frustrações sociais e pessoais no sexo. O Sexo é um prazer carnal que deve ser respeitado, mas ele não pode salvar ninguém nem ajudar as sociedades num sentido puramente político, mas unicamente pessoal. ( Que se Foda a Política o Sexo é Bom VS Que se Foda o Sexo a Política é Boa ) Por isso é que existem imensas pessoas que se dedicam à vida espiritual e fogem do sistema actual para tentarem encontrar um equilíbrio emocional. ( Fluxo Extremo - Entrega-te Profundamente à Vida Espiritual ) Esta será a minha decisão quando acabar este texto e a solução que creio que irá ajudar as sociedades em geral. Não irá criar um novo mundo, não será algo que irá ajudar a combater a criminalidade nem os abusos de poder. É uma simples solução social que pode ajudar as pessoas a encontrarem-se a elas mesmas através da motivação de acções do foro humano, pois a experiência dessas mesmas acção promove esse encontro espiritual e pessoal. ( Eu Conheço-me - Eu Sou uma Pessoa Livre ) Mas como se sabe a liberdade aos olhos dos outros é vista muitas vezes como algo que só os que estão noutro planeta e\ou popularmente se diz "No mundo da Lua", tem. Na verdade nós não somos puramente seres livres. Sempre teremos escolhas para fazer e a liberdade é só o espaço temporal que nos dá tempo para fazer as escolhas que devemos e temos de fazer. Não podemos fugir às escolhas, pois a vida está repleta delas e são elas que nos trazem a possiblidade de sermos felizes. ( Vida Minimal - Noutro Planeta ) Assim, a liberdade pode ser considerada como um tempo espacial onde aconchegados à nossa privacidade e vontades, temos a oportunidade de restringirmos um tempo só para nós. É nesse espaço temporal onde se encontra a liberdade, nada mais. ( Código Temporal - Modo Restritivo ) Na verdade eu tenho um tempo temporal em modo restritivo superior a maioria das pessoas. Por isso é que tenho o tempo necessário para realizar este texto, estas músicas e por fim tentar oferecer como solução o que pode ser hackeado por acções. Boas, menos boas ou até mesmo más. Tenho tempo para melhorar as minhas habilidades racionais e por em prática uma solução que pede unicamente um processo racional para ser concretizavel. ( Só Um conjunto de Habilidades Técnicas ) Estas habilidades não pendem inteligência, mas senso comum. Tal como a soluçao que ofereço pede consciência do senso comum e não inteligência. Tudo o que precisamos entender na vida social, não parte da inteligência mas do Senso Comum ( Resposta Corporal - Senso Comum Não é Inteligência )

Emotional Signals

Não só o facto de escrever tanto e partilhar tudo isto de forma gratuita, isto é , sem custos, todo esta material deve-se como disse anteriormente a esta missão. Esta missão tem voz de alguns deuses e\ou semi-deuses e\ou simbolos. Todo ele é composto por uma mistura e\ou simbiose de várias interpretações que querem simplificar a mensagem final. Não só a mensagem como a partilha são unicamente formas de vos dar todas as razões para terem um pouco mais em conta deste bolo informativo que pede a vossa atenção. Este pedido de atenção é feito e partilhado para dar prazer, ora ao ouvinte, ora ao leitor. O prazer de pensar e o prazer de sentir. Possivelmente o meu único pedido em tempo real foi negado. Como imaginam fiz tudo para que me dessem ouvidos, pois a minha intenção é evitar a guerra. Enquanto vivo, a guerra não será um problema para este país nem para a Europa. Eu trogo a paz em mim como também trago a guerra. Como seria de esperar mais uma vez na história da humanidade a escolha não é minha mas vossa. Por isso lembrem-se de quem são estas palavras. ( "Eu" Venho em Paz - Zona Trance ) Odin, Shiva, Thor e Buda. Esta é mais uma das várias portas da consciência humana que fica para mais de mil anos. Uma porta que quem tem consciência dos limites abriu. Uma porta e\ou uma janela que resulta mais uma vez das sequẽncias realizadas pela humanidade. Eu sou a consequẽncia disso. Não vale a pena fazer um pedido de desculpas, nem muito menos celebrar mais tarde a minha missão, nem tampouco fazer culto a mim e\ou a nós. Esta é a última oportunidade que o mundo tem para viver em harmonia e pelo que estou a ver, ninguém quer saber, mas sim rir e dançar. Nada contra quem ri e dança, todos esses prazeres humanos são para serem vividos intensamente. De qualquer modo não se deve ignorar os sinais da harmonia. ( Só Mais Uma Porta Aberta ) Uma porta aberta foi o que eu pedi. Uma porta foi o que me mostraram. Uma porta quis abrir, uma porta ficou fechada. Falam em Shamanismo, mas ignoram sinais harmoniosos. A interpretação e interacção divina, ou as mensagens e\ou visões divinas são detectadas nas pessoas que se deixam levar pelas sensações, como já terei explicado antes. É entre o segundo zero e o primeiro segundo que a mensagem surge, como também o contacto espiritual que trás previsões para o mundo. Por vezes as mensagens são tão intensas que quem as vive não é capaz de as expressar totalmente. Também se deve ao facto de usares psicotrópicos que lhes farão esquecer de detalhes importantes. ( Maior ou Igual a Zero - Ponto de Partida ) Toda esta minha missão e até o meu sacrifício é dedicado ao Yin Yang, mais profundamente ao TAO. Repetindo-me, se por um lado trago a Paz trago por outro a Guerra, a escolha é vossa. A minha escolha foi alertar-vos. ( TAO - Yin Yang ) Sem saber qual a explicação talvez unicamente pelo nome, talvez algo mais profundo do que um simples nome, há uma ligação magnética que me condiciona. Sem saber porquẽ e qual a razão de ser tão chato e tão provocador nesta minha missão, os chamados gatos psycadélicos no movimento do psytrance são a razão da minha compulsividade em partilhar com eles este trabalho. Talvez se deva a uma experiẽncia shamanica que tive na Casa Brama. Ela resume-se a três sequências de imagens em movimento. O objectivo era chegar a um altar onde haveria uma pedra divina que estaria em cima do altar e escolher um animal de protecção. Escolhi um gato. ( preto ) Numa primeira instância, como primeira imagem, a cabeça da Shaman era um planeta que se aproximava e se afastava de mim, como se houvesse uma ligação entre dois planetas ( talvez tenha sido a primeira prova da minha sensibilidade shamãnica ) . Em seguida uma viagem na escuridão onde só se via a paisagem a passar muito depressa e ao fundo no horizonte, o mar. Numa terceira e última imagem em movimento, eu era uma simples membrana onde a essência da pedra me trespassava e me mostrava tudo o que me rodeava. A verdadeira essência das pessoas, as suas intênções, etc... ( Condição Magnética - Gatos Psycadélicos ) Não digo que não fiquei assustado, pois ainda hoje tenho essa constante percepção das pessoas e das suas intenções em tempo real. Mas também é em tempo real que elas vivem. É em tempo real que o mundo e com ele as pessoas dominadas pelo tempo que têm, vivem intensamente o mais que podem para se deixarem levar e se apoderar do prazer. Se por um lado fico com a sensação que esta minha provocação é realmente perigosa, por outro lado não me resta alternativas. também estou dominado pelo tempo e pelo prazer. Talvez seja um prazer sofredor que não me dá a liberdade de viver em paz sem que tenha de fazer esta missão. ( Dominados Pelo Tempo - Governados Pelo Prazer ) Como terei explicado eu sou somente o resultado do mundo que me rodeia. Eu procuro a paz mundial. Este grupo de pessoas que estou a dedicar o meu trabalho como alvo, têm tudo para criar a paz como a guerra. Eles são a chave que pode mudar o mundo. São eles que procuram abrir as portas da percepção através das vibrações e da ressonância corporal. O mundo e o Universo é para os deuses uma caixa vibratória, um espaço vibratório. É onde se pode sentir, ora dor ora prazer, ver sem sentir e sentir sem ver. O Dragão me completa neste mundo de Ratos. ( Universo - Pequena Caixa ) Por norma estas pessoas como uma grande maioria das pessoas ligadas ao movimento trance usa psicotrópicos para atingir certos níveis de consciência que não precisam destas substâncias para serem atingidas, mas será óbvio que a maioria não consiga atingir esses estados, como terei explicado antes. Nem todas as visões psicadélicas são previsões. Todas elas atingem primeiramente quem as tem para depois dessa experiẽncia corporal serem espalhadas pela comunidade que essa pessoa tem. Quase sempre em nome do amor. Mesmo assim nem tudo o que parece é e nem tudo o que parece não ser não é. São sempre questões do foro interpretativo. ( Visões Shamanicas - Através do Reino das Interpretações Psicadélicas ) E foi a partir deste reino que toda esta minha experiência psicadélica teve início e tem continuado. É verdade que sou uma das muito raras excepções de pessoas que não precisam de consumir drogas psicotrópicas para ter experiências shamanicas, mas por vezes gostava que tivesse sido outra pessoa a ser a escolhida para fazer e escrever tudo isto que partilho com todos vós. De qualquer modo, pareceu-me que mesmo que muitos de vós não gostem de jogos, o meu projecto e\ou o projecto de Odin pudesse ser aceite pela comunidade. O caso é que não foi. De qualquer modo o objectivo era somente motivar mais acções de cuidado do meio, pessoas e animais. Não significando que a comunidade não tenha essa prática, pois parece-me que tem, mas para que essa prática fosse reconhecida socialmente, pois dessa forma teriam mais capacidade de sublinhar certos pontos politico-sociais que a nossa sociedade precisa para dar voz aos que mais fazem e aos que mais trabalham em prol do amor da natureza. ( O Projecto Jogavel - É Divertido Cuidar ) Chamem-lhe um jogo de Karma ou anti-Karma. Um Jogo social que tem como princípio e fim, os princípios do Budismo. Cuidar do meio e das pessoas, e com essas acções ser-se retribuido de várias formas. No fim da descrição de todas as músicas associadas a este texto, irei finalizar o texto com a descrição detalhada deste projecto. Para já partilho somente a música que o representa. ( Kit de Ferramentas Sociais - Limpeza de Consciência Mundial ) A pergunta que muitos fazem é: como cheguei a tal ponto? Pois bem, a simplicidade está no erro, não na prática das soluções. Há realmente imensas soluções para quem não tenciona fazer algo pelos outros mas por si só, mas caso alguém tencione fazer algo pelos outros quase sempre precisa de errar vezes sem conta para entender o ponto chave para que essa mudança se realize. Sem dúvida que a isolação procura a paz, mas também é um acto de desleixe para com os outros. Os outros precisam de nós e nós deles. Num acto de coragem, os que ficam serão sempre os considerados os amigos. Não por terem a intenção de serem premiados pela sua dedicação, mas porque compreendem a importância da entre-ajuda. O festival Boom Festival é o meu erro, por isso é nesta comunidade que está a solução. Não na minha isolação do mundo e das pessoas. ( Hacking - Através do Erro que trás a correcção Festiva ) A unica mensagem que digo vezes sem conta, por sentir e saber que é um erro estar a candidatar-me a este festival é que tenho de sentir confiança em mim sempre que puder e\ou sempre que me sentir amedrontado. Há quem evite o erro para ter paz. Eu conduzo-me ao erro para dar à humanidade a possibilidade de haver paz mundial. ( Confiança - O Laço Constante ) O que seria se ao viver esta suposta realidade que espero que seja mentira, do que seria sobre o que é considerado alma e energia? Estarei louco? Espero que sim! Estar louco é... estar louco. Um espécie de arte em movimento, um estado psicadélico que alimenta o sonho e com ele a dor artistica, para criar ainda mais! Pena que a maioria dos loucos não escrevam a sua loucura... Expor os fantasmas resulta num potêncial de vendas e publicidade, inspirações para novas obras que talvez terão os mesmos sinais de loucura destes Fragmentos Perdidos, de um Passado Esquecido! Por falar nisso, este Festival é sobre a cultura psicadélica. Olá Família! :)

Only Tributes

Por falar em família, cães e gatos também fazem parte da família. isto é, todos os animais do mundo são parte da família! Sem dúvida que as pessoas se identificam com os seus semelhantes. Ao dizer isto, estou também a referir-me aos cães e aos gatos. Pelo menos são os animais que mais se assemelham ao nível da personalidade com os Humanos. Dai fazer um tributo a todos os Humanos, pela sua semelhança ao nível da personalidade. Uns gostam mais de "Dançar", ou mais de "Ver". Ver é observar, é ver no que dá, ir ser calculista. Dançar é procurar para evoluir, errar para aprender. Talvez eu seja um cão que gosto de dançar, ou talvez um gato que gosto de observar. Na verdade todos teremos um pouco de cada, ora dançamos ora paramos e olhamos. É nesta espécie de onda de compasso dual que se encontra a semelhança. ( Cães Gostam de Dançar - Gatos Gostam de Observar ) Nota: Gostaria de encontrar um qualquer voluntário que fizesse um vídeo usando os quadros onde existem cães a jogar bilhar e os gatos no balcão e ver os cães dançarem usando este tema. Este tributo à humanidade é também um tributo à metamorfose das borboletas. Este tributo vai para: "Song of Buterfly" com Estas Tonne, Istvan Sky Kék Eg, Pablo Arelleno e Indré Kuliesiute. Talvez eu também seja uma espécie de borboleta, pois este tributo é também o resumo que representa o meu emergir. Dão-me licença de Voar? ( Emerge - Evolução Interna ) Aquele momento em que a larva se transforma em borboleta é tão simples e tão preciso e representa tão pouco à luz da humanidade, que me lembra o toque do da água, também me lembra o exercício de abstracção mental que Bruce Lee tanto fala quando diz para não se centrar nem na lua nem no dedo. A realidade opcional da criação de arte através da dor e do sofrimento é dos processos mais brilhantes do ser humano. É o ouro dos deuses, a razão pela qual a humanidade foi criada. Também me lembra este meu texto... ( O Conselho de Bruce Lee e o Desafio Preverso ) Fazer desporto é uma das melhores coisas para a saúde física e mental, trabalhar também o é, não pelo dinheiro mas pela capacidade de ocupar a mente com acções e não tanto com abstrações. O resultado deste trabalho também é o resultado de estar há imenso tempo sem trabalho. Considere-se assim este o meu trabalho, para assim considerar-se também o trabalho de todos os artistas de rua ou da sala de exposições ou de espetaculos, um trabalho. Um trabalho é um desporto. Há quem faça somente um trabalho de forma desportiva focado em pensar e escrever. Dizem que os filósofos já não têm papel na evolução da ciência. A ciência é cada vez mais a exploração do universo e de si mesma, como um outro universo. Universos.. somos universos... ( Paixão Galática - O Fogo do Dragão ) Há paixões tão grandes que só o verdadeiro amor poderá salva-los. O pedido desta mensagem universal e também galática descrita nestes textos e nestas músicas, pedem somente Amor! ( Lordes - Vontade Egocentrica ) Há alguns que são os escolhidos, pela raridade de habilidades consciẽntes que têm consigo. Este mundo poderia estar muito melhor, e eu quero acreditar que vai ficar muito melhor, afinal de contas o que vos trago aqui é a possibilidade de recriar arte com loucura, ou arte com verdade. Peças raras que medem pontos temporalmente históricos da história da humanidade. ( Matrix - Sem Limites ) O amor não tem limite! Por falar em amor, o meu número da sorte é o 6 segundo o Zodiaco Chinês. O Matrix também terá repetido este encontro entre o Arquitecto e o Escolhido esse número de vezes. Como também trago 6 albums e\ou presentes, para o anjo dominante na terra. Para isso é preciso estar nas sombras de quem luta ao lado do amor. Sendo este texto também uma luta pelo amor Universal, tive necessidade de expo-lo para todos. Afinal tudo o que posso oferecer é a verdade, nada mais. Há intenções de mostrar amor que podem ser um pouco obscuras. O Amor é a atração obscura da realização pessoal. A minha realização pessoal é entender que estes textos são somente fantasiosos e que não contém propriamente alguma verdade. Mas quiça tenham mesmo alguma verdade e nesse caso as sombras de quem se esconde atrás de uma máscaras também trás amor. O espaço deste planeta pede amor. Eu sempre desejei que o amor vinga-se. ( V - Terra ) Como também já referi algumas vezes, esta minha entrega ao Yin Yang quer motivar à transformação social mundial, deste espaço temporal Yin, para a posição temploral e espacial Yang. Devo lembrar que comigo há uma só força que me domina e ela tem dois lados. ( Dois Lados - Uma Força ) Falamos então da força ódica que por sinal há material escrito sobre a mesma. Para uns a força de Odin, força esta que cria o mundo e a matéria. Para outros a força que cria os Chakras e a Vida. A pergunta é simples: querem amor or guerra? Afinal só pedi um caminho de escudos, para exercer a minha vida espiritual em tempo real e dar paz ao mundo. As nossas escolhas, nem sempre dependem totalmente de nós mesmos. Todas elas, estão normalmente entregues a mais alguém, caso essas escolhas sejam de partilha. Neste caso, todos vós. Não fiquem loucos e caso fiquem, criem novas obras que descrevam essa loucura para se libertarem dela. Se com esta força sou capaz de manipular e da manipulação fazer arte, não ignorem a capacidade dos criativos e dos loucos em mudar o mundo para melhor. ( Manipulação Vital - Torna-te Louco ) E agora como um louco vos digo: Deixem que esta minha loucura seja o fogo do ano do Macaco de Fogo. Que este paralelismo interpretatório seja somente mais um espelho que nos dá força para criar um mundo melhor. Este meu pequeno tesouro que se chama desejo. ( Desejo Paralelo - O Espelho )

Todas as músicas que estão no Mixcloud serão apresentadas depois do Festival Boom terminar, mesmo que não seja convidado a participar. Eles foram a inspiração do meu trabalho e acredito que, melhor do que eu, o Dragão sabe o que escolher neste ano do Macaco de Fogo!

Os Sinais dos Deuses Surgem em Harmonia!

E o único poder que os deuses têm é de pensar e voltarem à realidade como um sinal.

Um pequeno texto para entenderem a minha missão e entenderem os Sinais do tempo

" Olá. Este texto é sobre uma criança que não cresceu, que se manteu criança em toda a sua adolescencia, como também durante a vida adulta. Essa criança nasceu com um sonho, um sonho de grandiosas proporções. O sonho nasce na sua vontade interior, depois de ter tido a noção da representação que Jesus Cristo teve em nome da consciẽncia humana. Para esta criança mais do que os homens, a vida selvagem era e para sempre será a sua grande paixão, toda a beleza da simplicidade irregular e ondulatória que transborda vida. As pessoas parecem-lhe estranhas e a sua adaptabilidade raramente tem frutos, mas sim um aumento de uma sensação de desconforto acentuada, que o mantinha concentrado nas relações sensoriais do presente e que o impediam de se relacionar socialmente. Mesmo tendo capacidade de pensar, o seu pensamento raramente se focava na lógica e na racionalidade. O seu pensamento lógico e racional só surgia quando no acaso havia um pedido para pensar, respondendo com uma certeza racional, sobre uma experiẽncia que jamais teria experiẽnciado. Sem pensar respondia acertadamente, mas não tão acertadamente concretizava o pensamento. A separação do sonho e da obra sempre foi um longo caminho, um caminho que desconhece o sonho e o sonhador, e que tem dificuldade em lidar com a sua simplicidade sonhadora."

Atenção: " É pedido que todas as músicas sejam distribuidas livremente, como também os textos. Em relação aos textos, pede-se que não se modifique os originais. Contúdo qualquer pessoa pode usar e\ou referênciar os textos, para fazer criticas positivas ou negativas, e\ou recriar novas interpretações dos mesmos e\ou recriar novas perspectivas de qualquer fragmento ou do todo. "

Segundo a perspectiva deste sonho, os dois albums que se seguem são puramente previsões, ora da minha realidade como da realidade da humanidade. Eles terão inicio dia 11 de Agosto deste ano presente.

Segundo a perspectiva deste sonho, os dois albums que se seguem são puramente previsões, ora da minha realidade como da realidade da humanidade. Eles terão inicio dia 11 de Agosto deste ano presente.

The Long Road ( Album )

Mystic Portal - We Are One Portal Mistico - Nós Somos Um Fragments You Need - Forgotten Past Fragmentos que Precisas - Passado Esquecido Mystic Theory - Cult to the Self Identification Teoria Mistica - Culto à identificação Pessoal You Want Me - I Want You Tu queres-me - Eu quero-te We Will - Some Day Nós Iremos - Um Dia Don't Take Us Seriously - We Are Having Fun Não nos levem a Sério - Estamos a divertir-nos We Must Change Our Ways Devemos Mudar as nossas Maneiras Mystic Compatibility Compatibilidade Mística Lets Talk About Love Vamos falar de Amor Developing Unknown Code Devenvolvendo código desconhecido We Are Music - The Perfect Bomb Nós Somos Música - A Bomba Perfeita Community Calling - Take Us With You Chamada da Comunidade - Leva-nos contigo

The Unpredictable Change ( Album )

Come Here Anda Cá I Want to Show You Something Quero Mostrar-te Algo Share Your Visions - Be Symbol of Our Exprience Partilha as tuas visões - Sê simbolo da nossa experiência Be - Free Sê - Livre Care Us and We'll Care You Cuida de nós e nós cuidaremos de ti God Pay for Love Deus paga por amor

Buffer Digg Email Facebook Google LinkedIn Pinterest Print Reddit StumbleUpon Tumblr Twitter VK Yummly